Ir para conteúdo 1 Ir para menu 2 Ir para busca 3 Ir para rodapé 4 Acessibilidade 5 Alto contraste 6

---

  • ?
  • ?

---

  • ?
  • ?

Escola Municipal Catulino Onofre Rosa

Publicado em 19/04/2017 às 15:02 - Atualizado em 16/07/2021 às 07:40

 

Endereço: Rua Romário de Souza Borges, nº 4915
Bairro: Porto do Itaperiú
São João do Itaperiú - SC
E-mail: escolacatulino@pmsji.sc.gov.br
Telefone: (47) 3458-0807
Diretora: Suelen Cristina do Nascimento

 

 

CORPO DOCENTE

Pré 1 (Vespertino)
Marta Rosa dos Santos

Pré 2 (Matutino)
Marta Rosa dos Santos

1º ano (Matutino)
Tatiane Cristina Gonçalves Alves de Souza

2º ano (Vespertino)
Joziane de Souza Corrêa

3º ano (Vespertino)
Irene Bernardes dos Santos

4º ano (Matutino)
Irene Bernardes dos Santos

5° ano (Matutino)
Joziane de Souza Corrêa

Artes
Ivanir Hermes de Azevedo

Educação Física
Kelly Vieira

Apoio Pedagógico
Elizete Moraes Hess

 Auxiliar de Transporte Escolar
Ketily Stollberg
Daniela Coelho
Denise de Sene Besen

 

MISSÃO DA ESCOLA

Contribuir para constante melhoria das condições educacionais da população, visando assegurar uma educação de qualidade aos nossos alunos num ambiente criativo, inovador e de respeito ao próximo.

 

 

OBJETIVOS DA ESCOLA

- Resgatar a intencionalidade da ação possibilitando a (re)significação do trabalho;

- Dar um referencial de conjunto para a caminhada, unindo as pessoas em torno de uma causa comum: solidariedade e parceria;

- Propiciar a racionalização dos esforços e recursos utilizados para atingir fins essenciais do processo educativo;

- Dar a devida importância ao momento da tomada de decisão coletiva de se fazer projetos, homenagens, gincanas e concursos;

- Propiciar tempo para esclarecimentos e troca de opiniões;

- Assegurar a igualdade de condição para acesso e permanência na escola;

- Assegurar o direito à educação, visando ao pleno desenvolvimento de sua pessoa, preparo para o exercício da cidadania e qualificação para o trabalho;

- Respeitar os valores culturais, artísticos e históricos próprios do contexto social da criança, garantindo a estes a liberdade de criação;

- Garantir acesso às fontes de cultura;

- Zelar pelo patrimônio escolar.

 

 

HISTÓRICO DA ESCOLA

A atual Escola Municipal Catulino Onofre Rosa, iniciou sua história educacional com o nome de Escola Isolada do Porto, por volta de 1915. Neste período as aulas eram ministradas pela professora Maria Gasino de Borba em casa particular de moradores da comunidade.

De acordo com os documentos existentes, comprova-se que seu funcionamento teve início no dia 03 de março de 1965 com o nome de Escola Isolada Porto do Itaperiú, sendo legalmente reconhecida somente no dia 12 de julho, através do Decreto de Criação n° 2.948/65, atendendo alunos de 1ª a 4ª séries do Ensino Fundamental.

Em 1981, através da Lei n° 5.906/81 de 17 de junho de 1981, passou a denominar-se “Escola Isolada Catulino Onofre Rosa” em homenagem ao senhor mais antigo da comunidade.

Em 1996, com o aumento significativo do número de crianças com idade de 5 e 6 anos, foi criado a Pré-Escola, através da Lei Municipal n° 146/96.

Em 1997 através da Portaria nº 002/97 de 16 de abril de 1997, do Conselho Municipal de Educação, a escola passou a denominar “Escola Reunida Catulino Onofre Rosa” e a Lei nº 184 de 08 de janeiro de 1998 elevou a escola à categoria de Escola Reunida Catulino Onofre Rosa.

No final do ano de 1999 com o aumento da demanda, houve necessidade de ser ampliada, sendo construídas mais quatro dependências, permanecendo até o momento. No ano de 2011 foi inaugurada a reforma e ampliação do prédio escolar.

 

 

BIOGRAFIA DE CATULINO ONOFRE ROSA

Catulino Onofre da Rosa nasceu no dia 29 de janeiro de 1878 em Itapocú, município de Paraty, atual Araquarí, em Santa Catarina. Filho de Onofre Francisco da Rosa e Leonida Justina Garcia, ambos de origem brasileira. Desenvolviam atividade de lavoura e comércio, na qual permaneceu até a idade adulta.

Casou-se com Adalgisa Cardoso Caetano, nascida em 26 de outubro de 1892 (falecida em 14/11/1952), filha de Vergílio Bernardo Caetano e Olegaria Cardoso Caetano, moradores da mesma comunidade de Itapocú. O casamento civil ocorreu no dia 22 de junho de 1912, no cartório do Itapocú. Após casarem-se passaram a morar bem próximo do rio Itapocú, tiveram seis filhos, três homens: José, Amazor e Valdir e três mulheres: Maria, Cinira e Ester.

Catulino era dono de alambique, com sua família fabricava cachaça e além disto comercializava lavoura dos moradores de Itaperiú (açúcar, arroz, farinha, feijão, etc...). Tornou-se muito amigo do povo Itaperiuense, entre eles de “Olavo” proprietário do comércio localizado as margens do rio Itaperiú, junto a um Porto, onde atracava barcos a vela oportunizando o comércio, tanto de consumo como de vendas para a população.

Catulino Onofre Rosa, dedicou-se grande parte de sua vida em prol aos trabalhos comunitários, envolvia-se com a APP da escola que funcionava em casa de famílias, também reconhecido como o senhor mais idoso da época e presidente da escola na data de seu falecimento.

Morreu no dia 14 de agosto de 1950 aos 72 anos, reconhecido como o senhor mais idoso da época e presidente da escola na data de seu falecimento. Em 1981, através da Lei nº 5.906, de 17 de junho de 1981, deixa seu nome para a escola da comunidade que passou a denominar-se “Escola Isolada Catulino Onofre Rosa”, homenagem dada por mérito de bom cidadão e comprometimento com a sociedade.

 

 

LEIS

- Lei nº 5.906/81 - Dá a denominação de Escola Isolada Catulino Onofre Rosa.

- Lei nº 146/96 - Dispõe sobre a criação de uma Pré-Escola.

- Lei nº 184/98 - Criação de Escola Reunida.


A Escola

  • {{galeriaImagens.length + galeriaVideos.length - 12}}
  • {{galeriaMultimidia.length + galeriaImagens.length + galeriaVideos.length - 12}}
Fechar

Localização