---

  • ?
  • ?

---

  • ?
  • ?

Cras
Projeto Sanitarista Junior leva alunos para visita técnica no frigorífico São João

Publicado em 29/10/2018 às 18:03 - Atualizado em 29/10/2018 às 18:03

No dia 23 de outubro, o Projeto Sanitarista Junior, promovido pela Companhia Integrada de Desenvolvimento Agrícola de Santa Catarina - Cidasc, que atua em escolas municipais em São João do Itaperiú e em todo o estado, levou 17 alunos do 4º ano, da Escola Municipal Catulino Onofre Rosa, que fazem parte do projeto até o frigorífico São João para uma visita técnica, afim de ampliar seus conhecimentos a respeito do processo de fiscalização, qualidade de abate e processamento de carnes bovinas. Os alunos verificaram “in loco” as normas sanitárias e de abate humanitário no manejo dos animais.

As crianças, por meio das vivências do projeto, se tornam multiplicadoras das ações de defesa e passam a contar com a Cidasc como parceira nas melhorias da produção e qualidade de vida no campo. “O objetivo da visita técnica é demonstrar na prática o conhecimento que as crianças obtiveram sobre inspeção e qualidade de produtos de origem animal na sala de aula, ligando assim a teoria com a prática”, destaca a médica veterinária da Cidasc e responsável pelo projeto em São João do Itaperiú, Simone Senger, 

O projeto Sanitarista Junior está na sua quarta edição no Estado e no município, contemplando mais de 90 escolas distribuídas em 42 municípios e mais de 7 mil alunos, cerca de 150, somente em São João do Itaperiú.

As aulas, que envolvem saídas de campo, vídeos ilustrativos e contato direto com profissionais da área, ainda são estruturadas com o uso de material didático próprio, abordando temas como bem-estar animal, doenças e pragas, formas de prevenção e ações voltadas à preservação do meio-ambiente, otimização de recursos naturais, uso consciente de agrotóxicos, entre outros.

Integrando o conhecimento sistematizado e a realidade dos atores sociais envolvidos, o Projeto Sanitarista Junior é um instrumento que leva a um processo de sensibilização e consciência ambiental, permitindo às crianças desenvolverem valores e competências fundamentais para o pleno exercício da cidadania.

Em sala de aula, os alunos aprendem que as ações de defesa agropecuária, desenvolvidas e executadas pela Cidasc, visam garantir a manutenção da sanidade das populações vegetais e animais, a idoneidade dos insumos e dos serviços utilizados na agropecuária catarinense, bem como garantir a identidade higiênico-sanitária e tecnológica dos produtos agropecuários destinados aos consumidores.